O que é velho pra você?

Faz quase 27 anos que sou filha do meu pai. Ele, publicitário, marketeiro, comunicólogo, artista – todas essas coisas que eu tento ser hoje – sempre foi uma referência e tanto em todos os aspectos. O “workaholicismo”, o perfeccionismo, o exigir demais de si mesmo – e dos outros, assumo – herdei tudo dele. Assim como a paixão pelas belas artes, cultura, música, teatro, dança, cinema e por aí vai.

Há uns seis meses, no entanto, meu pai me disse que queria reavaliar isso tudo. Não das belas artes e tudo mais, mas da vida insana de um marketeiro político que viveu 35 anos em função alheia; de um assessor de comunicação que dorme e acorda pensando na imagem do cliente sem pensar na sua própria saúde e, por que não, carreira em vôo solo, em uma atividade que afiasse ainda mais a mente para a comunicação.

Mas como, pensei eu, se a vida inteira ele fez isso; se minha vida inteira foi com base nisso… Perderia eu as referências? Teria eu que repensar toda minha recente carreira e profissão? Mas não. Meu pai fez mais. Porque descobri que o que nos une não é a faculdade, os trabalhos ou os clientes, mas sim o amor por tudo que existe de bonito nessa vida.

Meu pai, com um poder de reinvenção imenso de si próprio, resolveu sair aí pelo Brasil, garimpando, como um mineiro mesmo, mas com um campo mais ampliado, em busca de coisas bonitas. Coisas bonitas essas que, para muitos, perderam o valor e, nas mão dele, voltam a fazer algum sentido.

No dia 10 de setembro de 2011, no sábado pós-feriado prolongado de 7/7, meu pai vai fazer a vernissage da Ferro Velho Caraguá, uma loja de relíquias e antiguidades, por ele encontradas, restauradas e valorizadas. De máquinas de costura a balas de canhão, passando por latões de leite, cantis, mãos francesas, e uma infinidade de outras peças interessantíssimas e cheias de história, estarão expostas pela primeira vez.

A ideia é montar uma loja – ele já tem muito acervo – com “reclames” do tempo da vovó passando na televisão retrô, pôsters de Grapete na parede e um ambiente bem propício para causos e contos. Acreditem, isso meu pai faz como ninguém. Até lá, as peças estarão expostas no Espaço TerraMar de cerâmica, um local belíssimo privilegiado pela natureza, no coração do Litoral Norte paulista.

Ainda virão muitas novidades pela frente, inclusive convite oficial para o evento e tudo mais. Por enquanto, algumas fotos das peças, do local e do trabalho de restauração para, quem sabe, despertar aquele desejosinho de publicar esse texto, né? Veja só, que legal:

This slideshow requires JavaScript.

Ferro Velho Caraguá – Vernissage
10 de setembro de 2011, quinta-feira, às 13 horas.
Avenida Miramar, praia do Porto Novo, Caraguatatuba/SP
(É a última casa da avenida das praias do sul, próximo à foz do rio Juqueriquerê)

Advertisements
Tagged , , , , , , ,

One thought on “O que é velho pra você?

  1. وایی: john

    Muito Bom post!

    Sou um Verdadeiro fã de antiguidades e do estilo retro!

    Acho ainda que encontrei ai alguma informação muito útil! Se Voces quiserem ver, podem sempre dar ai um salto pois tem o calendario nacional das feiras onde se podem encontrar alguns achados! e ainda como vender ou comprar arte e velharias e antiguidadesComo ganhaar dinheiro com a venda de artigos velhos, antiguidades ou até velharias indiscriminadas. Saiba como, onde e quando vender os seus artigos em desuso, e claro, fazer dinheiro!
    http://www.vendervelharias.blogspot.com

    Abraço!

ځواب دلته پرېږدئ

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / بدلون )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / بدلون )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / بدلون )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / بدلون )

Connecting to %s

%d bloggers like this: